O que significa ser um Homo Sapiens?

sábado, 2 de maio de 2009

Primeiramente, agradeço muito à Lioness pelo Premio Leminiscata.

Entretanto, eu tenho passado tão pouco tempo na internet, que não me lembro de sete blogs para indicar, e no final passou-se tanto tempo sem que eu respondesse à pergunta, que acabei perdendo o direito de reclamar o premio, então vou apenas responder ao questionamento, que por sinal é muito interessante.

Homo Sapiens.

O "Homem que sabe".

Pois bem, o homem que sabe sabe o quê? O que o diferencia de outros animais?

Dizemos comumente que somos diferentes por sermos inteligentes. Entretanto, quando vemos um animal determinar qual será a melhor tática para atingir uma presa, ou escapar de um predador, é impossível não atribuirmos a ele certa inteligência.

Dizemos apaixonados que o que nos distingue dos animais são nossos sentimentos. Entretanto, é difícil não notar como as fêmeas (mas nem sempre só as fêmeas) de diversas espécies defendem ferozmente seus filhotes.

Temos uma lista enorme de características, as mais prosaicas possíveis, que teoricamente nos distinguem dos outros animais.

Um fato interessante sobre o qual estava lendo há um tempo atrás, é que há cerca de 25 mil anos atrás, o Homo Sapiens não era a única espécie de hominídeo no planeta! Existiam pelo menos outras três, que por uma razão ou outra acabaram por desaparecer. No final das contas, somos sobreviventes.

Penso que ser um "Homem que sabe", é acima de tudo saber fazer com que nossos instintos possam ser controlados, poder racionalizar as coisas, o bom e velho pensar antes de agir.

Uma outra caracteristica que acho muito legal sobre o ser humano, é que ele é o único animal que fica procurando respostas a perguntas fundamentais, sobre a vida, o universo, e tudo mais (assistam "O Guia do Mochileiro das Galáxias", vão entender do que estou falando).

O Homo Sapiens é a única espécie que passa tanto tempo se preocupando em ser felizes, os outros, simplesmente são. Principalmente pelo fato de não inventarem um objetivo tão utópico.

Sintetizando, para mim, ser Homo Sapies é poder pensar antes de agir, buscar respostas a perguntas fundamentais (e fundamentalmente sem muito sentido, diga-se de passagem... rsrsr), e buscar a felicidade.


Postado ao som de "All my love" - Beatles

2 comentários:

Anônimo disse...

antes de tudo deixa eu me apresentar! sou Mairo vieira sousa, paraense e brasileiro com orgulho, professor de biologia da secretaria estadual de educação do estado do Pará.
através de um blog: manual pratico do solteiro imprestavel,(justiça seja feita é um blog muito legal e engraçado), tive acesso ao seu blog, foi paixão a primeira lida, rsrsrs...
gostaria de colocar algumas quetões sobre o assunto abordando. O nosso parente mais proximo, biologicamente falando, é o chimpanzé, de acordo com estudos genético a diferença do DNA do chimpazé para o DNA do homem é de apenas 2%, ou seja, 2% separam o homem arrogante, consumista, individualista e destruidor ambiental de um chimpazé intimamente ligado com seu grupo e o seu meio.
será mesmo que o homem merece este titulo, homo sapiens, ou será que tanto saber gerá uma cegueira patologica onde o ser humano não consegue evitar os erros do seu passado para transformar seu futuro em algum mais digno.
podemos comparar o homem (ao meu ver), como uma maré vermelha (uma espécie de algas de cor vermelha, que vive nos ocenos e mares e que quando se polifera exageradamente acabe liberando toxinas que matam outros seres vivos que estão presentes ao redor destas algas).
somos arrogantes o suficientes em achar que somos especiais, por nossa capacidade de raciocinar, ignorando, todo o resto dos seres vivos e levando morte a estes e a nós mesmos.

ps1. meu português é pessimo, se vc ver algum erro de português por favor concerte.
ps2. gostaria de saber a sua opinião sobre este comentario, ok, xau.

Anônimo disse...

O homen é tão burro,mas tão burro que precisa ser mais inteligente que os outros animais para sobreviver.Pensando com os meus botões pude perceber que o ser humano é o único animal que se fosse erradicado totalmente do nosso planeta não faria falta alguma.Por exemplo:se nós matassemos todas as onças iria haver uma infestação no pleneta de todos os seres nos quais ela é a principal predadora.
Se o ser humano se estinguisse,só iriam haver melhoras:não iria haver desmatamento,´não iria haver poluição na camada de ozônio,a água não mas estaria suja e etc.Nós homens, somos tão inteligentes!somos os únicos animais que destróem seu próprio habitat natural.
ME DESCULPE TAMBÉM PELOS ERROS DE PORTUGUÊS!
Escrevi este comentário ao som de welcome to the jungle-guns n` roses