Vagalumes...

terça-feira, 29 de março de 2011


Brincando de correr entre vagalumes, 
sem querer pegamos uma estrela baixa...

Assim diz a letra da música e assim é com a vida...

Um belo dia estamos vagando por aí distraídos com os vagalumes e nos deparamos, sem bem notar, com uma estrela.

E que estrela...

Não daquelas coisas frias e paradas que dominam nosso céu e nossas imaginações todas as noites...

Não uma daquelas que os antigos chegaram a chamar de "estrelas fixas"...

Mas uma estrela diferente... Com um brilho intermitente e inconstante... Uma estrela de brilho raro e inebriante... Como não se perder em devaneios nesses momentos? Como deixar de notar um sorriso tão encantador e uma gargalhada tão contagiante?

Algumas pessoas se dizem estrelas por ganharem um belo dia o brilho efêmero da fama... Não passam de estrelas cadentes...

Poucas, entretanto, possuem o dom natural de contagiar o local por onde passam e tornar impossível seu esquecimento... A essas podemos chamar estrelas ascendentes.


O post de hoje é dedicado às estrelas, vagalumes e todos os seres que possuem luz própria. Em especial um que comemora seu dia hoje. :)



Postado ao som de "Vagalumes" - Teatro Mágico.

2 comentários:

Nina disse...

"E até lá, vamos viver
Temos muito ainda por fazer
Não olhe pra trás
Apenas começamos.
O mundo começa agora uhuuuu
Apenas começamos"...=) E que os vagalumes e estrelas sempre brilhem mesmo com o escuro da vida ;)

Monsair Martuchelli disse...

Poxa, cara, que foto de maloquero é essa!