Os presentes que nunca dei...

quarta-feira, 2 de março de 2011

Hoje estava revisitando umas gavetas enquanto guardava uma coisa...

Um chaveirinho que eu comprei pra alguém e que não cheguei a dar...

Nossa, minhas gavetas já estão ficando cheias dessas coisas, presentes que nunca cheguei a dar, ou que no dia em que ia entregar aconteceu algo e acabou desandando a coisa.

Agora o chaveiro está sendo recepcionado por um cordão, uma blusa, algumas poesias ruins, um CD e algumas músicas gravadas.

Fico então pensando em como é estranho quando algo termina antes de começar... Não chega a ser uma sensação de perda, afinal nada foi perdido, mas é como se algo tivesse saido do lugar momentaneamente... Como se de repente você chegasse para um compromisso e descobrisse que errou na data, na verdade ele tinha sido no dia anterior...

Estranho, muito estranho...

2 comentários:

Rafael disse...

É, isso realmente é muito estranho... acho que isso acontece com todos. É estranho quando você se compromete consigo mesmo a fazer algo e acaba não fazendo, principalmente quando é para uma pessoa que se gosta. É meio como se estivesse "deslocado" no tempo.

Rafael disse...

na maior parte do tempo nem nos lembramos, mas por algum acaso acabamos "esbarrando" em coisas que nos fazem lembrar do que não fizemos, como o caso dos presente que mencionastes. Daí vem a sensação estranha de "volta no tempo" pensando em algo que acabou sem nunca ter tido início.