Felicidade

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Felicidade...

Estava demorando pra eu começar a falar de algo viajante (mais do que o normal)

A maioria das pessoas sempre buscal algo que chamam de felicidade. Algo que parece ser maravilhoso, pois todos querem, mas algo que parece estranhamente utópico e subjetivo, pois poucos realmente admitem que a alcançaram.

Fico pensando nos meios pelos quais as pessoas buscam essa plenitude do ser feliz. Algumas dizem que fazem apenas aquilo que gostam, mas acho que isso é simplesmente não querer encarar os problemas. Algumas dizem que fazem apenas aquilo que lhes dá prazer, mas acho que isso é apenas hedonismo. Algumas dizem que buscam a felicidade naquilo que é pequeno e simples, mas acho que isso é apenas medo de pensar alto...

Não preciso dizer o quanto então sempre achei esta história uma grande baboseira, não deveríamos encontrar a felicidade, deveríamos buscar a felicidade, porque assim o próprio caminho nos conduziria ao destino...

Mas agora vejo que as coisas não funcionam exatamente assim, vejo que acho que encontrei o meu próprio jeito de perseguir esse tão esquivo sentimento. No final das contas acho que o que vale a pena mesmo é fazer as pessoas que amamos felizes, se elas estiverem bem, estaremos bem também, simples assim!

Não confundam isso com autruísmo, por favor! Eu disse fazer felizes aqueles que amamos! Não quero posar de bonzinho quando não sou.

É interessante que tenha sido necessária a entrada de uma certa pessoa na minha vida pra que eu entendesse isso...


Postado ao som de: "Man in The Box"-Alice in Chains (Porque nem só de Classic Rock viverá o homem, mas também de um pouquinho de grunge de vez em quando...)

7 comentários:

mordidasminhas disse...

Henfil disse: "não há caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho"
Obrigada pela visita, e pelas palavras!

lioness disse...

Quando as pessoas que amamos estão bem, estamos satisfeitos, mas muitas vezes a felicidade delas pode nos custar nosso próprio bem estar e felicidade.

Manual Básico do Solteiro Imprestável disse...

Meu blog foi honrado e deverei honrar 10 blogs com o selo "Olha Que Blog Maneiro".

Um dos meus escolhidos foi o seu.

Passa no meu blog e confere as regras do selo.

Valeu.

lioness disse...

Olá, amigo! Ah quanto tempo você não escreve...
Tem um selinho para você no meu blog. Se anima e volta a escrever!

Robson Fernandes disse...

Bem amigo. As vezes penso que o humano não nasceu para ser feliz, e sim o humano nasceu para querer. Tenho uma eterna discussão com minha própria vida.

Muitas vezes não amamos a vida, e assim não somos felizes.

atragediadavidacifrada.blogspot.com

Ansan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ansan disse...

Felicidade. O hominídeo que procurava sentir menos dor sobrevivia e assim foi seelecionado para viver no mundo apenas o homem que busca a felicidade, que nada mais é do que se afastar da dor. Entenda dor por o "sentimento de perda" seja essa perda física ou não, pois a simples dor de feridas física pode não trazer perda, mas sim redenção.
A lógica é simples, o homem que evitava perder aliados, vitalidade, parceiros, comida, terras, entre outros, sobrevivel. Felcidade e dor são rastros primitivos de como sobreviviamos, assim como a ganância, o medo, a fome, a vaidade.