Amigos invisíveis

sábado, 10 de janeiro de 2009

Tem sido muito gratificante escrever O Metafísico.

Quando eu comecei a escrevê-lo, era mais como um desabafo para o nada, nunca pensei que alguém fosse ler o que escrevo, mas um belo dia eu descubro algo novo: um comentário! Nem posso expressar como fiquei feliz com isso, alguém estava lendo o que escrevi!

Desde então tenho postado cada vez mais (apensar de ainda postar esporadicamente) e a cada vez que vejo que alguém leu o que escrevi, sinto como se pudesse ser ouvido mesmo à distância, e para alguém como eu que gosta desesperadamente de falar isso é muito legal!

Por isto este post é uma singela homenagem aos meus amigos invisíveis, alguns tem rosto, alguns não, alguns eu conheço pessoalmente, outros não... Mas todos são importantes, porque compartilham seus pensamentos e não se importam em ouvir os pensamentos dos outros.

Aí vai uma seleta lista daqueles que eu recomendo (se é que me a dada a autonomia para recomendar alguma coisa... rsrsrs):

Toca da Leoa

Manual Básico do Solterio Imprestável
Salut

Aos amigos invisíveis: Conheçam estes aí em cima, vale a pena.

Ha! Mais uma novidade, sempre escrevo ouvindo música, a partir de agora vou dizer o que estava ouvindo ao fim do post.

Postado ao som de "Say it's not true" - Queen

4 comentários:

Antônio disse...

Quero ler um poste escrito ao som de I want be free!!!

Ansan disse...

paranoiaminha
é meu blog ve lá depois.

lioness disse...

Muito obrigada, amigo! Realmente vale a pena ler o livro que está dentro de cada um de nós.

Manual Básico do Solteiro Imprestável disse...

A internet é uma massa estranha e viva de lixo, futilidade, besteira e alhumas esperanças que valem a pena. Em um mundo onde aqueles que deveriam ser imparciais são regidos por opniões pessoais, o que vale a pena ser visto, lido e, sem exageros, apreciado palavra-a-palavra são esses recantos de pessoalidade. Parabéns cara teu blog é muito 10. Gostaria de comentar mais nele e em todos os parceiros, mas mal me sobra tempo para o meu blog. Mas sempre que possível passo por aqui.

Continue assim.