Diferenças sutis entre medo e temor

domingo, 29 de março de 2009

Pois bem, se é pra ser polêmico, vamos ser polêmicos logo de uma vez.

Tenho reparado ultimamente (não que isso seja um fenômeno recente, é claro) o como algumas determinadas igrejas enxergam aquele que convencionam chamar de Deus. Digo convencionam chamar de Deus, porque a diversidade de visões do todo poderoso é tão grande, que dizemos que ele é um só apenas por costume.

Fico amplamente estarrecido em como muitas delas confundem o "Temor a Deus" com "Medo de Deus", como se o Todo-poderoso fosse uma velha ranzinza que fica vigiando a vida (principalmente a vida sexual) das pessoas apenas para repreende-las e puní-las.

Recuso-me veementemente a curvar-me perante um deus que mantêm seu culto por meio de ameaças, digo sinceramente que se deus é como eles dizem e salva apenas as boas ovelhas que se curvam diante de um pastor ou padre e seguem fielmente doutrinas as mais absurdas possíveis, se deus é mesmo assim eu prefiro queimar no inferno do que me curvar.

Que tipo de deus e esse que dá ao ser humano o livre arbítrio para depois puní-lo com a danação eterna ele se atrever a usar esse livre arbítrio? Ou na melhor das hipóteses para fazê-lo se curvar apenas para alcançar o paraíso. Estaria ele tentando nos comprar?

O cúmulo da minha revolta se mostra numa música, que hoje consegui a letra, vejam um trecho:

(...)
Mas se você não adorar....
Vai ser comido de bicho (3x)
E quem falar mal do pastor.
Vai ser comido de bicho (3x)
E quem não gosta de dar dízimo
Vai ser comido de bicho (3x)
Quem faz fofoca na igreja
Vai ser comido de bicho (3x)
(...)

Será mesmo que esse deus precisa ameaçar seus fiéis para que estes andem na linha?

Na minha concepção, Deus não é assim, mas essa é a minha concepção, que pouco ou nada importa nesse caso.

Ouvimos muito falar nos "Senhor dos Exércitos", no "Varão", na vinda do Apocalipse, sobre as pragas do Egito e na tal "Arrebatação da Igreja", mas pouco ou nada ouvimos sobre o Deus Libertador, sobre um Jesus Cristo que se sacrificou por acreditar que as pessoas deveriam ser mais legais umas com as outras e que não deveria haver discriminação entre outros povos ou religiões.

O que será que diria esse Jesus que defendou a gentileza e o perdão com "pagãos" e cobradores de impostos (sem com isso deixar de ser um grande defensor da fé judaica) quando visse um professora expulsar da sala de aula um aluno que usava colares de iniciado no Candomblé aos gritos de "Filho do Demônio"?

Em suma, que deus estamos procurdo em nossas igrejas: um velho ranzinza que quer saber o quanto você anda pagando à igreja e com que você anda transando?

Pensem.

A propósito! Cada um tem o direito de ver Deus da maneira que vem entender, ouviram! não pensem que estou dizendo que essa ou aquela forma de crença é errada, estou fazendo apenas o papel de um bom cidadão: questionando a tudo a todos.

Apenas digo com toda a minha convicção:

- Intolerância religiosa é uma estupidez;
- Temos o direito de não participar dos cultos e das missas, então manerem no volume do som!


A letra completa da música: http://letras.terra.com.br/fogo-no-pe/1406504/


Postado ao som de "Ready for Love" - Bad Company

6 comentários:

lioness disse...

Com certeza temor a Deus tem a ver com aquilo que você já comentou em outro post sobre respeito. Na Bíblia tem muitos exemplos sobre isso: o povo de Israel tinha medo de Deus e se escondia quando Deus se manifestava, mas Moisés se aproximava, não fugia, ele temia a Deus, O respeitava. A Igreja como instituição está longe de promover um livre relacionamento de Deus com as pessoas, mas tem oprimido o povo com falsos ensinos, leis criadas pela mente humana para controle do outro em benefício próprio.

B. disse...

Pois é. Eu acho que as pessoas acabam procurando Deus da maneira errada. Com isso ao invés de saberem a verdade de Deus escutam a opnião dos outros. Se alguém quer saber a verdade de Deus que leia a Bíblia!

Bom texto!

Ansan disse...

CARACA!!! Essa música do "vai ser comido de bixo" escutei uma vez no Bergs! HAHAHA!!!
Quando na música falou quem põe gato no relógio pensei, de reflexo, quantica Vs relatividade (sobre o gato de shyrungei e destorção do tempo).
Era final de periodo.
Mas na real, eu prefiro que todos tenham medo de Deus. Medo é um sentimento mais real e diciplinador.
Meu e-mail fisicant@gmail.com

Anônimo disse...

Só um breve recadinho aos amigos da Net. Acima eu li que nem tudo que lemos na internet devemos acreditar. Certo! Mas é o seguinte, cada um tem sua maneira de crer. A fé é incontestável, por isso Deus (com letra maiúscula) nos deu livre arbítrio.
Havia uma rainha chamada Jezabel que "caçava" àqueles que falavam de Deus (no velho testamento), muitos tinham medo dessa rainha. Deus observou a vida de Jezabel e viu o quanto era duro o seu coração. Por isso ao certo dia quando ela estava na torre do seu castelo observando o seu reino, viu que vieram cavaleiros em seus bravos cavalos para acabar com ela e do alto da torre ela caiu e aqueles cavalos passaram por cima de seu cadáver e após isso acontecer, seu cadáver já estava praticamente separado de seus membros e vieram "cães" (bichos) e comeram seu cadáver e só deixaram intocável seus pés e suas mãos.
Ela procurou dá aquele destino a vida dela, portanto, aquele que faz mal para os outros está cometendo pecado, mas a momento nenhum Deus fará que bichos comam a sua carne. O autor da música quis ilustrar o que acontece com quem comete pecado. Vai ser comido de bicho. Ou seja, vai parar na boca do cão (do diabo) e eu não quero que isso aconteça em sua vida amigo e nem na vida de ninguém.
Graça e paz, expulsando satanás.

Anônimo disse...

Temor de Deus e medo são duas coisas bem diferentes,não se deve ter medo de Deus pois Ele não ameaça os seu Filhos de forma alguma,os nossos pecados já foram pagos por nosso Senhos Jesus na cruz, isso não quer dizer que podemos fazer e acontecer cometendo todos os pecados,aí entra o temor a Deus que é nada mais do que respeitar e obedecer os seus mandamentos, para saber quais são é só ler a bíblia o nosso livro guia.Nós não devemos questionar as coisas de Deus simplismente acreditar, com relação as igrejas cada uma faz da forma que as convém sim,nós devemos saber discernir a verdade da enganação. Eu encontrei um caminho muito bom na igreja quadrangular(existem quadrangulares e quadrangulares), conheço muitas formas de adorar a Deus e muitas eresias usadas em certas religiões.Mas enfim religiao tem que ser muito bem observada pois dentro dela assim como na biblia existem tres autores: Deus, o homem e o diabo, cabe a cada um saber diferenciar e o mais importante nunca perder a fé no nosso único salvador: Deus.

Luana
luana.ksv17@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Não consigo entender,tenho dúvidas sobre a existência de Deus.Bom ,algumas perguntas:Se Deus não queria que o homem fizesse sexo no paraíso no qual viviam Adão e Eva por qual motivo ele fez o pênis e a vagina?Nós temos que respeitar as ´regras` que estão na Bíblia pois estas foram ditadas por Deus(eu acho). Pelo que eu saiba a Bíblia foi escrita por humanos que como todos os outros ,são imperfeitos.Como ter certeza que a BÍblia não foi escrita por um cara que se drogou sem querer e começou a inventar histórias mirabolantes que se espalharam pelo mundo(existem tantas ervas...).Uma vez estava passando em uma rua e um aparentemente pastor disse para seus ouvintes que eles só poderiam obedecer à dois seres:a ele mesmo e a Deus.Tipo,que absurdo!Eu não entendo na verdade como seria Deus pois, cada pesoa me diz uma coisa e eu fico sem saber o que pensar!Nunca li a Bíblia e não sei se quando ler vou entendeR.Fui em uma igreja na qual o pastor se contradisse tanto qua fiquei com nojo, fiquei me peguntando se todos os fiéis estavam de acordo com aquilo.A vida de pastor ou qualquer outra pessoa que´trabalha` na igreja é fácil(sem ofensas)fui a igreja no dia de pagar alguma coisa lá(eu não lembro o que era)mas isso me fez retornar aos tempos de igreja na idade média,quando as pessoas pagavam indulgências para livrarem-se de seus pecados...então,vi as pessoas colocando dinheiro em um pano que o pastor pôs em uma cadeira e fiquei imaginando o quanto ele deve ter recebido.Mais que um salário mínimo,então teve uma parte em que ele chingou as pessoas que não estavam lá para pagar de canalhas,não estou brincando.Achei aquilo o cúmulo ,e ele disse que aquele dinheiro que as pesoas estavam pagando era para que fosse devolvido aquilo que cada pessoa roubou de Deus.Tipo!se Deus me fez ele vai ter que me aguentar(não pedi para nascer)como eu tenho que repor algo a ele?e mais uma vez me pergutei:quanto será que ele paga para repor o que tomou de Deus?eu e meus colegas ficamos brincando dizendo que quando crescermos vamos contruir uma igreja(sem ofensas).DESCULPE SE OFENDI ALGUÉM ,MAS NÃO ERA MINHA INTENÇÃO ,SÓ QUERIA DEMOSTRAR MINHAS DÚVIDAS E OPINIÕES.Vou esclarecer:tenho medo de ler a Bíblia pois temo não encontrar uma forma de interpretá-la corretamete, dizer absurdos iguais aos que eu ouço da boca de muita gente,e ainda por cima adultos que tem o cérebro bem mais desenvolvido que o meu.Algumas pessoas vão pensar que eu sou um/uma imbecil que escreve coisas assim como ele/ela:imbecis.Mas não posso fazer nada.E EU SEI QUE FUGI DO ASSUNTO